—>
Carregando Carregando

O design em cena no Teatro Massimo de Cagliari

  • IEDentity
  • "Innovation & Craft"
  • Número 03 - 10 de Maio de 2018
Carla Serra
  • Carla Serra

Exercícios de Design de Interiores em uma renovação do foyer: este é o importante projeto que o IED Cagliari está desenvolvendo em colaboração com o Sardegna Teatro. O Sardegna Teatro administra o Teatro Massimo por concessão da Comuna de Cagliari, e também o Teatro Eliseo, da Comuna de Nuoro. O Sardegna Teatro é uma instituição cultural prestigiosa reconhecida pelo MIBACT como TRIC, isto é, Teatro de Relevante Interesse Cultural, tendo como foco de sua atividade de produção a dramaturgia original. É parte de sua intenção apoiar experiências ligadas a autores regionais e promover a abordagem da cultura europeia e contemporânea através do filtro linguístico e cultural da ilha, com uma atenção especial a trabalhos contemporâneos.

O IED não podia deixa de acolher com grande entusiasmo a proposta de colaborar com um projeto de renovação do foyer do Teatro Massimo de Cagliari. O teatro, inaugurado em 1947, permaneceu fechado por 27 anos, tendo sido restituído à cidade apenas em 2009. O projeto teve início no último mês de março e envolveu os estudantes do segundo ano do curso trienal de Design de Interiores, sob orientação de Giuseppe Vallifuoco, arquiteto e coordenador do curso, e de Paola Riviesso, arquiteta e docente do IED.

Tendo como base o briefing recebido, os jovens apresentarão em junho duas propostas de projeto que serão avaliadas por uma comissão examinadora composta por integrantes do comitê, por docentes da escola e por especialistas do setor. Serão selecionados os projetos mais interessantes e mais eficazes, de acordo com as demandas do  Sardegna Teatro, que poderão ser aperfeiçoados em uma segunda fase, que se somará posteriormente ao projeto definitivo. O desfecho será a possível realização de uma renovação do espaço inspirada no projeto selecionado.

Para os estudantes, trata-se de uma experiência didática para colocar em prática – e à prova - seu percurso de estudo até agora, e para se aventurar em uma de suas primeiras experiências reais de trabalho comissionado. Para o IED, trata-se de uma colaboração fundamental para consolidar a rede de relações com as instituições e os principais promotores da atividade cultural e artística da ilha.

 Autora: Carla Serra