—>
Carregando Carregando

Um dia para estimular a criatividade

  • IEDentity
  • "Innovation & Craft"
  • Número 03 - 10 de Maio de 2018
Gabriela Nunes
  • Gabriela Nunes

Compartilhar um pouco da cultura do design que o IED São Paulo respira em seu dia a dia foi o ponto de partida da primeira edição do IED DAY, evento realizado no final de março para receber todos da comunidade na sede da instituição.

Uma série de atividades e ações ocuparam o pátio e algumas salas de aula da faculdade, além da própria fachada do edifício, que passou a ser uma obra de arte para o bairro. Com um projeto assinado pela grafiteira Mari Mats, o prédio ganhou uma cara nova com o desenho criado pela artista, dando ao IED a identidade visual divertida e inspiradora que já é a sua proposta como instituição.

Ao longo da tarde, os destaques ficaram por conta das oficinas promovidas por professores, ex-alunos e convidados, em que os participantes puderam exercitar suas habilidades e colocar a mão na massa.

No pátio, por exemplo, a oficina de customização dada pela designer Luciana Fuchs estimulou a criatividade ao proporcionar que cada participante levasse uma peça de roupa ou acessório para personalizá-los, com novos cortes, desenhos com tinta ou spray e aplicações de fitas e rendas.

Ainda no pátio, Mari Mats também promoveu a oficina de stickers, ensinando algumas dicas para a criação de adesivos, enquanto a artista Marquesa Amapola fez diversas poses para o professor Gil Tokio e os participantes da oficina de desenho, cujo tema era um modelo burlesco.

 

Já nas salas de aula, com a oficina de estamparia manual dada pela arquiteta Maria Cau Levy, os participantes aprenderam as técnicas de estêncil e aplicaram seus desenhos, com formatos e cores próprias, em bandeiras. Enquanto isso, o designer Vitor Inoue, do Ateliê Vinco, promoveu a oficina de encadernação, em que ensinou três técnicas de costura de cadernos, além de customização com colagens.

No laboratório de joias, duas turmas puderam criar as próprias alianças em prata, desde a etapa de martelar a peça até a solda final, com instrução do professor André Caperutto, durante a oficina de joalheria.

Além disso, um palco montado no pátio recebeu um workshop de beleza, um bate-papo sobre As Intersecções nos Processos Criativos e o lançamento do livro Brasil Faz Design - Criatividade brasileira no cenário internacional, de Marli Brandão, Sandra Nedopetalski e do professor de Produto e Sustentabilidade e coordenador de Projetos do CRIED, Christian Ullmann.

Autor: Gabriela Nunes

Fotos: Rodrigo Dolores