—>
Carregando Carregando

O IED Barcelona é o curador internacional da Bogotá Fashion Week 2018

  • IEDentity
  • "Phygital"
  • Número 04 - 11 de junho de 2018
Albert Elias Valcorba
  • Albert Elias Valcorba

Uma equipe internacional de profissionais do setor e professores do IED Barcelona, liderado por Anna Sabaté, foi responsável pela curadoria da nova edição da BFW 2018. Com o lema “A origem da Cultura Colombiana”, o objetivo da ação consiste em divulgar e promover internacionalmente o talento dos criadores colombianos, tanto os novos como os consagrados.

Uma equipe de seis designers e consultores de moda reconhecidos internacionalmente  trabalhou junto à Câmara de Comércio de Bogotá durante oito meses acompanhando os 40 designers selecionados no processo de desenvolvimento de suas coleções para a BFW 2018, a principal feira de negócios para o setor da moda da capital colombiana, realizada entre 24 a 27 de abril.  

Anna Sabaté, coordenadora e professora do IED Barcelona, fundadora da consultoria estratégica de produtos de moda Its About Product, liderou a equipe de curadores junto com o designer de calçados Juan Antonio López, especialista nos setores de couro e calçado, e Isabel Uribe, especialista em joalheria e bijuteria e dona da Alolo Jewellery.

2 O desenvolvimento da curadoria

Coleções apresentadas por Adriana Santacruz, Ailanto (hors concours) e Faride Ramos.

A segunda edição da Bogotá Fashion Week foi desenvolvida a partir do conceito A origem da Cultura Colombiana. A semana de moda se destacou por dois espaços: uma zona dedicada aos desfiles e outra aos showrooms e pop up stores. A partir dessa premissa, os designers desenvolveram suas coleções que se agruparam em quatro grandes cenários temáticos: a tradição, as histórias mágicas, a biodiversidade, a arte e a arquitetura.

Cada um dos temas abordados refletia a alma do país, construída a partir de uma identidade fortemente marcada pelo artesanato, fruto da paciência, da beleza e do equilíbrio do entorno. A energia positiva das propostas se refletiu nas histórias mágicas e na imaginação das grandes gerações colombianas que serviram de inspiração para os designers. Essas histórias destacam a natureza como essência da vida, com cores vibrantes e contrastantes. Por último, no eixo arte e arquitetura, os designers trabalham o espaço enquanto lugar de denúncia, rebeldia e ruptura dos clichês estabelecidos.

“Cada marca decidiu potencializar diferentes aspectos, havia muita variedade entre as propostas e todas eram muito diferentes”, comenta Anna Sabaté sobre como os participantes encararam as provocações da curadoria desde o início. “Foi muito interessante ver como marcas consolidadas e de sucesso desenvolveram uma incrível autocrítica; voltaram a entrar em contato com o seu aspecto emocional, a construir seu branding, a revisar suas propostas de estilo, a reforçar sua proposta de posicionamento e sua diferenciação a respeito da competência. Os designers da nova geração, por outro lado, têm muito talento. A curadoria buscou potencializar cada um de seus diferentes aspectos. Seus trabalhos brilharam na BFW”, constata a diretora da curadoria da BFW.

Isabel Uribe, professora do Ied IED Barcelona, junto a Nina Garcia, diretora de ELLE USA, madrinha da BFW 18.

3 Creativity & Business Schoolarship

A Escola Superior de Design do IED Barcelona outorgou duas bolsas “Creativity & Business Scholarships” às melhores coleções segundo o critério da curadoria, avaliando os processos criativos, o talento e a capacidade de criar marca e negócio. Os vencedores desta segunda edição da BFW foram as novas marcas Flora & Victoria, de artigos de couro e calçados, e Herbante, de peças de malha.

“Flora & Victoria e Herbante foram escolhidas por seu talento e capacidade de construir uma proposta original, que unia criatividade e modelo de negócios”, explica Anna Sabater. “Estou muito satisfeita com o trabalho realizado pela equipe de curadoria do IED Barcelona junto com os designers. O resultado foi excelente a partir de um ponto de vista profissional, mas destaco a enorme qualidade humana dos designers. Para a equipe foi uma honra poder trabalhar com eles e guiá-los na segunda edição da Bogotá Fashion Week”.

Propostas de Flora & Victoria (artigos de couro), Lakshmi (joias), e Herbante (malhas), vencedoras das bolsas Creativity & Business.

O IED Barcelona na BFW

Dentro da agenda acadêmica que complementava as ações empresariais e de moda, desenvolvidas ao longo dos três dias, o diretor geral do IED Barcelona Alessandro Manetti fez uma conferência sobre as futuras tendências do setor da moda, e participou da mesa-redonda Como interpretar as tendências e tomar decisões certas?, no auditório EFG, no Centro de Convenções AGORA de Bogotá. Anna Sabater também fez parte de uma mesa-redonda durante a BFW 2018, que abordou os desafios para pensar e atuar de maneira local no mercado global.

“Foi um evento de qualidade que terminou com um alto nível de satisfação de todos os organizadores e designers”, afirma Alessandro Manetti sobre sua viagem à capital colombiana. Com uma metodologia criativa e disruptiva, própria da escola internacional de design de Barcelona, os curadores foram capazes de proporcionar as ferramentas indispensáveis para a expressão cultural e a renovação e evolução artística e comercial do setor da moda na Colômbia.

Autor: Albert Elias