—>
Carregando Carregando

Magdalena grande. Onde o Caribe encontra a Colômbia

  • IEDentity
  • "Around the World"
  • Número 07 - 15 de novembro de 2018
Monica Scanu
  • Monica Scanu

O IED Cagliari é finalista em um programa de financiamento do fundo de cooperação suíço, Swiss Contact. Junto com iNNpulsa Colombia, o fundo suíço coordena o programa Colombia más competitiva.

O IED Cagliari está entre os finalistas do programa de financiamento Colombia más competitva com a proposta de restauração de uma mina de carbono na Colômbia, que deverá se tornar uma atração turística. Trata-se de um projeto importante que nasceu por iniciativa de Paola Locci, originária de Desulo, na Sardenha, consultora de estratégia da empresa Pars Construens, que há anos transita entre Espanha, Sardenha e Colômbia. O projeto tem como objetivo aproximar a cultura sarda à colombiana, e foi rapidamente acolhido com entusiasmo e com grande curiosidade.

Compartilhamos com Paola os projetos do IED Cagliari mais fortemente ligados ao local, à atualização do artesanato e outros casos de estudo guiados pelos docentes IED. Nossos professores interpretaram a cultura artesanal sarda e propuseram novos produtos e capsule collections. Este é o caso das coleções de móveis e objetos de decoração Sardiska e Sulcis Lab, orientadas por Annalisa Cocco, coordenadora do curso de Product Design, da Cucina Leggera de Stefano Carta Vasconcellos, assim como os produtos voltados mais explicitamente ao mercado, como CòRBULAS & PIBIòNES, do professor do IED Pierluigi Piu.

Nasceu assim a ideia de criar um projeto conjunto e propor ao European Day de Bucaramanga, uma cidadezinha no centro da Colômbia, na região de Santander, uma apresentação em que ficassem evidentes as características da Sardenha, da cultura nativa e das tradições artesanais.

O evento reuniu em torno de 200 pessoas: compareceram todos os representantes das câmaras de comércio da Colômbia e do Equador, os presidentes das várias regiões e províncias envolvidas nesta primeira fase do projeto, os representantes de CAINCO, o consórcio das câmaras de comércio latinas, responsáveis pela administração dos fundos da União Europeia e de outras instituições internacionais, os representantes da União Europeia na Colômbia e no Equador, as câmaras de comércio ítalo-colombianas e colombo-holandesas e a diretora da SEQUA, instituição alemã responsável pela metodologia dos projetos AL-Invest. Junto a eles também esteve uma ampla representação dos empreendedores colombianos.

Depois da apresentação do projeto, Hilda Lubo Gutiérrez, vice-presidente da Câmara de Comércio, afirmou: “Queremos ser como a Sardenha.”

“Entre a Sardenha e a Colômbia há muitas semelhanças que foram destacadas nos nossos projetos. O objetivo é construir um destino para viajantes que procuram autenticidade e beleza. Este é um território mágico que tem uma riquíssima história para contar.” (Paola Locci).

Dando continuidade a essa aproximação, Paola Locci e o IED Cagliari foram chamados como experts para participar de uma chamada aberta das três câmaras de comércio de Guajira, Santa Marta e Cesar. Fomos convidados a elaborar um projeto que propunha uma experiência turística autêntica e valorizasse a região de Guajira como destino turístico, chamando a atenção de um público preciso. Uma das características mais importantes do projeto é a transmissão do know how do design, o emprego de tecnologia aplicada ao artesanato local e a criação de uma “Bíblia” narrativa, que aproveite as competências estratégicas e projetuais do IED.

“O IED Cagliari e Paola Locci apresentaram o projeto Magdalena grande. Donde il Caribe encuentra Colombia. Chegamos à final junto com outras três propostas e dois dos projetos finalistas receberão financiamento. Saberemos a resposta no mês de outubro. Continuamos aguardando!”

Autor: Monica Scanu