—>
Carregando Carregando

Desenvolvimento sustentável com Daniela Ducato

  • IEDentity
  • "Under Pressure: uma metamorfose"
  • Número 10 - 7 de maio de 2019
Monica Scanu
  • Monica Scanu

Apresentamos uma das grandes protagonistas da sustentabilidade na Sardenha: Daniela Ducato, nativa de Cagliari que a revista americana Fortune acabou de premiar como a empresária mais inovadora da Itália.

Definir Daniela Ducato não é uma tarefa fácil. A empresária da Sardenha é, em primeiro lugar, a porta-voz da cadeia de suprimentos industriais EDIZERO Architecture for Peace.

Superpremiada – segundo Fortune é a Most Influent Innovative Woman de 2018, recebeu o título de empresária mais inovadora da Europa no setor da indústria green, em Estocolmo, e a honraria de Cavalheiro da República Italiana por alto mérito ambiental, que foi entregue por Sergio Mattarella, presidente da Itália –, Daniela Ducato contribuiu com o desenvolvimento da cadeia de suprimentos Edizero, que produz mais de 120 produtos renováveis e carbon free através de sistemas de produção que não consomem água.

O trabalho de Daniela é uma das práticas mais interessantes e fascinantes, trata-se de uma economia circular real. Fazem parte do grupo Edizero as empresas Edilana Hemp, Edilatte, Editerra, Edisughero, Terramia, cada uma delas utilizando um material diverso ou os seus resíduos de processamento. Também são produzidas pela Edizero os biotecidos térmicos Geolana, que não poluem o meio ambiente e são feitos de lã de ovelha. Tratam-se de produtos específicos para despoluir o mar e o solo, que obtiveram a menção honrosa no Compasso d’Oro 2018 e que Paola Antonelli incorporou em sua exposição Broken Nature, que está aberta agora na Triennale di Milano, junto com outros três projetos da Sardenha.

Daniela Ducato recentemente fez um discurso no projeto IED4ALL, que engloba cinco seminários sobre o tema da sustentabilidade, da economia circular e da economia azul, e foi absorvido no âmbito mais amplo do projeto Under Pressure, que engloba toda a rede IED na Itália e no exterior. Na Villa Satta, em Cagliari, Daniela Ducato nos contou sobre os projetos que concentram sua atenção no momento. Ela também indicou de que modo o design, e em especial os jovens alunos do IED, podem se inspirar no caminho da cadeia de suprimentos Edizero Architecture for Peace e no contexto mais amplo da economia azul.

Daniela Ducato falou a um público muito atento de alunos, ex-alunos, designers e fãs sobre a evolução do seu projeto em geral, mas trouxe, principalmente, os resultados concretos, isto é, 86 produtos para construção incluídos na lista de preços regionais e nacionais. Seus produtos são caracterizados por uma produção water free, pela total ausência de substâncias nocivas para a saúde (seja para o operário que os manipula, seja para quem ocupará os espaços da casa ou do edifício), e com um custo que compete com aquele de outros produtos mais poluidores e com características estéticas e de performance equivalentes.

Daniela Ducato já tinha colaborado com o IED Cagliari: em junho de 2016, no âmbito das iniciativas da Jornada Mundial do Design Industrial. Um café da manhã foi organizado na sede de Villa Satta – Colazione da IED – em que foi apresentado o SociaLOVEn, o primeiro forno portátil feito de tecido e que aquece com a luz do sol, chamado de Carpet - Social Oven e Textile Solar Bag Pret à Porter, que foi um objeto icônico da EXPO 2015 em Milão.

Autora: Monica Scanu