—>
Carregando Carregando

O artista Br1 encerra o ciclo de encontros IED4ALL

  • IEDentity
  • "Nomadismos"
  • Número 11 - 1 de julho de 2019
Carla Serra
  • Carla Serra

Venerdì 24 maggio si è tenuto a Cagliari l’ultimo appuntamento del ciclo IED4 ALL, organizzato in collaborazione con il centro comunale d’arte EXMA - Exhibiting and Moving Arts e la fondazione per l’arte Bartoli Felter.

Este foi o último evento da programação do ciclo de encontros IED4ALL, dedicado à sustentabilidade ambiental, social e econômica, que o IED Cagliari inaugurou em janeiro junto com a empreendedora Daniela Ducato, da Edizero. Quem encerrou esta primeira edição no dia 24 de maio foi o artista visual Br1.

Essa edição foi fruto da colaboração do IED com o centro de arte EXMA - Exhibiting and Moving Arts para dar vida a um projeto compartilhado voltado à promoção da arte contemporânea, com a participação dos alunos. Trata-se de uma colaboração iniciada há um ano, com a participação do fotógrafo Matteo Basilé, e que consolida as redes de relações entre o IED e as instituições culturais do local.

O convidado do evento do dia 24 de maio do IED4ALL foi Br1, jovem artista visual, que nasceu na Calábria, cresceu em Biella e depois se mudou para Turim para estudar.

Desde adolescente Br1 é apaixonado pelo mundo do grafite e do hip hop, mas, durante os seus anos de graduação em Turim, ele descobriu novas formas de intervenção urbana através de instalações nos muros e em outdoors publicitários, com o uso de diversos materiais. Os estudos em direito o levaram a se interessar pelo tema que se tornou central em sua produção artística: o papel da mulher na sociedade islâmica contemporânea e o debate sobre o véu, símbolo e fronteira entre a cultura ocidental e a islâmica.

 

A partir desta questão surge uma investigação sobre o tema da emigração, da identidade do estrangeiro, do conceito de fronteira física e mental, que se expressa em formas artísticas diversas, mas sempre no espaço público.

Uma importante obra de BR1 está em exposição no EXMA dentro da amostra Reality Show. Il cuore pop di una collezione (O coração pop de uma coleção) que até o dia 16 de junho expôs trabalhos de artistas que são parte da coleção privada da fundação de arte Bartoli Felter.

Graças à colaboração com o EXMA, os alunos dos cursos trienais tiveram a possibilidade de participar de uma visita guiada com a curadora Simona Campus, diretora artística do centro de arte EXMA - Exhibiting and Moving Arts, e com o produtor do evento, Salvatore Campus: uma oportunidade importante para entender como nasce um projeto deste tipo e quais são as fases de desenvolvimento e as modalidades de interação entre os vários atores.

“Trata-se de uma sinergia valiosa que tem origem na consciência intrínseca da nossa missão, da profunda convicção que a arte pode e deve ser instrumento de compreensão do nosso presente, sobretudo para as novas gerações” afirma Simona Campus.

Autora: Carla Serra